SINASCE pede a exclusão (RETIRADA) da Categoria dos ACS E ACE da Portaria de Educação Permanente



Em reunião exclusiva com o SECRETÁRIO ESPECIAL DE GOVERNO da Prefeitura Municipal de Fortaleza, Sr. Lucio Bruno, O presidente da FENASCE E DO SINASCE Luis Claudio juntamente n com os diretores Sávio Leão e Francisco Costa solicitaram a retirada da categoria de Agentes de Saúde e Agentes de Combate as Endemias da referida portaria de educação permanente lançada pela gestão.


Após a última reunião da mesa de negociação do SUS, onde ficou bem claro a PELEGADA dos Sindicatos que se dizem representar a categoria (SindSaude e Sindfort) o Sinasce decidiu solicitar a total retirada da categoria da referida portaria por entender quem em nada irá beneficiar ao trabalhador já tão cheio de obrigações para com a gestão. E defende que se mantenha o ACORDO DO HORÁRIO FLEXÍVEL com o prefeito Roberto Claudio, desobrigando a categoria de Agentes de Saúde e Combate as Endemias de apresentar cursos e /ou prejudicar-se com essa portaria de educação permanente.


A gestão de Fortaleza na pessoa do Sr. Lucio Bruno Acolheu essa reivindicação exclusiva do Sinasce e dará a resposta final no prazo de uma semana.


Agradecemos a todos os companheiros que acataram a iniciativa do Sinasce de ninguém assinar a referida portaria e solicitamos que aguardem para o desfecho dessa iniciativa exclusiva do Sinasce em defesa dos ACS e ACE.


obs: O prazo para assinatura da educação permanente foi esticado para o final de fevereiro por isso em nada você será prejudicado por não assinar nesse momento!


Mantenham-se firmes que assim somos mais fortes!


DIRETORIA DO SINASCE




Fonte: http://www.sinasce.org.br